Primeiro Estudo Setorial dos Tuiteiros no Brasil

Se você ainda não ficou infectado pelo Twitter, calma, o vírus fica encubado por mais de 45 dias. Lógico que este tempo pode chegar até 120 dias, caso você tenha menos de 18 anos ou mais de 40 anos.

A faixa etária que é mais vulnerável é a de homens e mulheres entre 26 e 36 anos. Mas, existe um grupo de risco em especial: a de homens que se acham publicitários ou marqueteiros digitais com a faixa etária entre 36 a 60 anos. Neste grupo, em especial, o vírus é arrasador e quase sem vacina para combatê-lo.

Os sintomas para o grupo de risco de homens que se acham publicitários ou marqueteiros digitais são:

-Tentativa exagerada de ser FO (Formador de opinião) a todo custo;

-Intitulam-se especialistas em redes sociais;

-Costumam colocar frases de efeitos para impressionar a todos;

-Sempre RT textos em inglês, mas geralmente nem sabem o que está escrito;

-Não seguem quase ninguém, só querem ser seguidos;

-Os mais infectados ainda ficam com o conteúdo bloqueado.

 

Como saber se você está infectado?

Se você digitou sozinho www.twitter.com ou procurou no Google como tuiter,twuiiter,tuuiter …você já esta infectado ,ou melhor o vírus acabou de se instalar.

Mas, para você tirar a prova, certifique-se que ao fazer seu cadastro você ficou irritado quando o seu nome já tinha sido cadastrado e com certeza você deve ter usado _ ou outra abreviação.

 

Agora, se você precisar fazer uma contra prova faça o seguinte teste:

Verifique se você escreveu as seguintes frases na sua primeira experiência em tuitar. Se for positivo, pode ter certeza que você está literalmente infectado.

 

Veja as frases que compravam os sintomas:

“Oi gente, estou no Twitter… mas, não sei nada”;

“Estou começando no Twiiter”;

“Nossa é só isto?”;

“Bom! Estou aqui. E, agora?”;

 

A maioria dos infectados fica sem saber o que fazer por muito tempo (isto pode durar 30 ou até 120 dias), mas insiste em fazer algumas ações que são típicas dos infectados iniciantes:

Veja alguns sintomas: infectados iniciantes

Procuram no Google frases de efeitos, ou frases famosas, com a intenção de mostrar que são cultos (normal, quase todo infectado iniciante tem esses sintomas);

 

– Outros infectados fazem o mesmo, colocam frases de efeitos ou famosas… mas, não colocam o autor (cuidado com este tipo de infectados). Com certeza, não merecem serem seguidos.

-Alguns infectados, em sua fase inicial, ficam perdidos sem saber o que escrever e ficam horas na frente do computador pensando o que poderiam escrever para causar impacto e serem seguidos.

 

Com base nos estudos super elaborados  dos  cientistas da Tuitosfera @enevesneto, @normannkalmus, os efeitos colaterais do vírus Twitter podem ser descritos abaixo:

Tuiteiro passivo: aquele que só Tuita quando é Tuitado, geralmente convive com o vírus numa boa, mas não mostra dependência;

Tuiteiro tímido: aquele que entra todo dia no Twitter, mas não tem coragem de seguir ninguém, geralmente Tuita o seguinte: “Bom dia”, “ Vou almoçar”, “Boa Noite”;

Tuiteiro olímpico: sempre querendo alcançar recordes e, geralmente, usando artimanhas para alcançar o objetivo;

Tuiteiro sem noção: acha que a vida dele tem quer ser Tuitada minuto a minuto, falando tudo… até mesmo aquilo que não deve;

Tuiteiro loiro: aquele que não entendeu nada;

Tuiteiro metralhadora: geralmente, não entra no Twitter, mas quando entra, dispara a escrever;

Tuiteiro Jack estripador: tuita grandes textos em partes, pensando que as pessoas vão conseguir entender a seqüência;

Tuiteiro compulsivo: acorda de noite para tuitar;

Tuiteiro CNN: quer dar todo tipo de notícia primeiro que todo mundo;

Tuiteiro personal: é aquele que escreve para os outros, geralmente para políticos e personalidades;

Tuiteiro pentelho: fica o tempo inteiro tuitando os famosos, na esperança de um RT ou na batalha de ser seguido por algum famoso;

Tuiteiro político 01: segue todo mundo para ser seguido (sem noção);

Tuiteiro político 02: todos querem seguir (este tipo de infectado não existe no Brasil);

Tuiteiro CB “Sangue bom”: forma adulta do vírus, é aceito por todos e consegue se relacionar de forma positiva na Tuitosfera;

 

Esta lista de efeitos colaterais deve ser alterada sempre que alguém detectar uma nova anomalia, pois o vírus Twitter é mutante.

Estudos comprovam que em 97% dos casos quando o vírus Twitter consegue chegar a forma adulta, transforma o Tuiteiro iniciante no chamado Tuiteiro CB –vulgo “Sangue Bom”.

Devemos e podemos conviver com o vírus de forma saudável, não temos relatos de mortes de pessoas que tenham contraído o vírus, temos sim milhões de casos de Tuiteiros que foram bloqueados, mas neste caso não é preciso se preocupar, este tipo de bloqueio é saudável e pode transformar o Tuitero.

Como o vírus tipo Twitter é mutante, é muito provável que em breve um novo vírus venha nos afetar.

O bom deste vírus é que o mesmo veio para transformar, aproximar, entender, desfazer, propagar, dividir, somar, ensinar, contribuir, informar e revolucionar nossos conceitos.


Sobre o Autor

Maurício Vargas
Idealizador e fundador do ReclameAQUI, site considerado protagonista da revolução nas relações de consumo entre empresas e os consumidores no Brasil. Iniciou sua carreira na área de Relacionamento com Cliente em 2001 e, desde então, já falou para mais de 50.000 pessoas em cursos, MBA e eventos nacionais e internacionais sempre com o foco em relacionamento com o cliente e a disruptura do consumidor. Atualmente, Maurício Vargas é presidente do ReclameAqui, CEO do Sapato Laranja - Espaço de Inovação e do O Mediador, plataforma de ODR (Resolução de Conflitos Online).